4minute está de volta, e tudo vai depender de quanto Hate você vai ter pelo refrão

Mesmo que a Coreia não tenha dado tantas fodas assim, 4minute foi um dos grandes destaques de 2015 pelo twerk jam Crazy e pela introdução do termo #revamped em nossas vidas. Deixou mais do que claro que o grupo tem mais público internacional do que doméstico, então obviamente chamar um produtor ocidental (no caso, Skrillex) para produzir o novo comeback do grupo e jogar buzz SOMENTE NESSE FATO para atrair fãs ocidentais era, de certa forma, esperado. E acabou que Hate deve ser a melhor produção do 4minute em vida (Tanto em música quanto em MV):

Muita gente está falando como o refrão “é uma bosta, acabou com a música, não tem nada a ver com nada, é a pior coisa no K-pop em tempos” e etc., assim como tem muita gente falando como esse refrão “é maravilhoso, salvou a música, salvou o K-pop, enterrou com a cara das inimigas” e etc. também. A verdade é que o refrão é e sempre será a parte vital de uma música, e por mais que você ame a rapper mandando seus papapums, ou a high note estrondosa que rola no final da música, ou o quão lindo e introspectivo sejam os versos da música, o refrão pode botar toda a coisa em um outro nível ou acabar com a música.

Skrillex SABE disso e sempre ousou em botar refrões de maneira que destoasse da música (Seja para o bem ou para o mal) para causar um choque e a sensação de “Ame ou odeie” para quem ouve, e quem conhece Skrillex já sabia que ia ser assim (Se vocês acham as midtempos sensuais do Brave Brothers previsíveis é porque vocês não conhecem o histórico dos produtores ocidentais). Para mim, o refrão não mata nem salva a música, é um choque que estranhei bem no 1º refrão mas aceitei bem já ouvindo o 2º refrão, e considerando que amei o resto da música, é só uma questão de tempo para aceitar esse refrão em minha vida também.

Hate é uma música com a cara e corpo do Skrillex, com os versos super lentos explodindo no refrão invocando C-R-A-Z-Y na cara e lembrando que isso é um lançamento do 4minute. E com ele veio mais um MV onde os internautas tem que se virar para usar a criatividade e interpretar o que acontece nele pois é mais um MV no qual explora mais o visual. Cenários MUITO bonitos, vídeo MUITO bem filmado, elas estão bonitas (Até a Sohyun com esse cabelo questionável e Jihyun com o loiro-acaba-com-asiáticas concept) mas nada que me faça ter coragem de assistir de novo, ou pelo menos me faça gifar para ilustrar esse post.

No fim, Hate é um comeback muito bom do 4minute, com um refrão que cumpre seu papel sendo o grande destaque da coisa toda, mas de uma maneira na qual a reação de quem ouve pode acabar ou ampliar o sentimento de gostar desse comeback. Só acredito que não era essa a música ideal para elas lançarem agora, pois a popularidade delas não permite fazer essa coisa de EDM experimental e ainda sim ser bem sucedido (Como 2NE1 fez com Come Back Home, por exemplo). Mas é interessante essa ideia delas não ficarem na mesmice, só que no momento 4minute precisa se estabilizar e conseguir outro sucesso (Algo que Hate vai falhar em trazer, infelizmente).

PS: Não sei o que está acontecendo na Coreia, mas assim como Stellar e Yezi, 4minute resolveu entregar album tracks muito boas também, com destaque para Blind e Canvas. Pode ser momentâneo mas vamos aproveitar essa era de EP’s sólidos no Capope.

Anúncios

14 comments

  1. 4MINUTE LANÇANDO ALBUM TRACKS BOAS???? Ok, _ISSO_ é novidade pra mim.

    Sério. Desde sempre eu nunca tive paciência pra minis de artistas da Cube porque em geral era SEMPRE assim: singles maravilhosos, o restante tudo chato. Depois dessa vou até dar uma chance e comprar esse álbum no torrent pra ouvir.

    E nossa, você conseguiu descrever muito bem em palavras o que eu senti da primeira vez que ouvi a música… O susto na hora do 1º refrão, acompanhado daquele grito da menina lá (Sohyun?), o choque foi tão grande, o contraste era tanto que eu cheguei a fazer literalmente uma CARETA inconscientemente enquanto ouvia. E era uma careta boa, porque eu adorei essa esquisitice toda, ainda mais depois que descobri (lendo a letra) que essa discrepância era proposital. Enfim, eu gostei. Achei dançante, achei catchy, e acho que pode até fazer o mesmo sucesso internacional que Crazy fez. (e eu nunca fui fã de Crazy tbh)

    Liked by 1 person

    1. Também acredito no mesmo sucesso internacional de Crazy, ainda mais pelo buzz Skrillex que deve ganhar pelos sites de EDM (Já ganhou matéria no Beatland, que ~acredito que~ é o Blog da MTV Brasil voltado para o gênero: http://beatland.com.br/grupo-de-k-pop-4minute-lanca-colaboracao-com-skrillex/)

      É uma pena que Act. 7 é curtinho demais, além das músicas linkadas tem só No Love (Que é chatinha) e o instrumental de Hate, mas curti muito o ep como um todo

      Gostar

  2. Sinceramente, eu nunca dei uma foda por 4Minute, apesar de que parece que todo mundo ou ama ou odeia elas, para mim sempre foi um grande tanto faz. E falando como uma não-fã e não-admiradora delas, o grande problema dessa faixa é que ela é simples esquecível. Diferente de Crazy com aquele refrão insuportavelmente grudento e dancinhas questionáveis, Hate não trás nada disso. Eu ouvi esse troço de manhã e sinceramente ao menos lembro do refrão O-O Em compensação, achei o MV bem mais produzido e visualmente lindo (apesar de que algumas roupas me lembre aquele micão debut do B.A.P e alguns cabelos totalmente horrendos), enfim, leitora nova o// Adorando o blog >.<

    Liked by 1 person

  3. Eu achei o refrão desconexo demais, já esperava por ser Skrillex, só que eu esperava mais depois da ótima bridge da Sohyun (é como se tivesse faltando alguma coisa).
    Eu não sei se você está sabendo, mas esse comeback irá definir o futuro do 4Minute, se não der resultados tão positivos elas não vão renovar e isso vai ser outra perda pro k-pop. Eu acho que Canvas ou Blind dariam uma title track melhor. Eu achei o Mini Album ótimo, mas ainda continua meio esquecível comparado a Crazy (deve ser meu problema mesmo, vou ouvir mais).

    Liked by 1 person

    1. Fiquei sabendo disso delas não renovarem o contrato caso a música não seja hit, e o desempenho de Hate está fraco até comparando aos singles anteriores do 4minute, e realmente vai ser uma perda forte para o K-pop a Onda Hallyu, uma vez que 4minute é o grande nome feminino do K-pop pro mundo depois de SNSD e 2NE1.

      Se Canvas fosse title track com elas mandando uma coreografia sensual dentro de um puteiro ou coisa assim (Tipo Alone das SISTAR) já estaria morando no #1, mas fazer o que…

      Gostar

  4. Pensei que vc iria odiar Hate…
    Como 4nia, adorei a música. Na primeira ouvida, achei estranho o refrão, mas na segunda foi só amores. Muita gente diz que o refrão acabou com o ritmo da música, mas devemos lembrar que, diferente de Bangx3 (música com a qual todo mundo está comparando Hate), a do 4Minute começa lenta e vai evoluindo até explodir no refrão (na música do BB foi o contrário, o q broxou muita gente). Enfim, espero que venda o suficiente pra elas renovarem, pq perder o grupo ultimate no capope não é fácil pra ninguém

    Liked by 1 person

    1. Eu tbm achei que ia odiar, por não gostar do Sucrillhox e saber que a música poderia ser uma zona horrível, mas acabei gostando dessa zona. E Bang Bang Bang é horrorosa desde o início né…

      “Enfim, espero que venda o suficiente pra elas renovarem, pq perder o grupo ultimate no capope não é fácil pra ninguém”

      Quase infartei quando rolavam os rumores de disband do Wonder Girls e do Brown Eyed Girls, realmente é complicado

      Liked by 1 person

  5. Descobri seu blog hoje e uhull /o/ muito bom.

    Sua opinião sobre Hate é a minha,a diferença é que eu repeti o MV váriaaas vezes e amei tudo,quando começou aquela parte da Hyuna na cantareira eu já tava arrepiada,ai veio Sohyun gongando todas e mostrando o poder de main dancer dela (finalmente,porque 4minute tem umas coreos bem mornas,salvo crazy,muzik,huh e mirror mirror aqui) e as outras 3 estavam otimas também,só achei que a Jihyun com aquele loiro em uma parte tava angelical demais,parecia mais a Taeyeon a uns meses atrás.

    Estou amando o 4minute largando o brave brothers,elas decepcionaram em 2013/2014 e 2015/2016 estão entregando coisas ótimas,oque me deixa apreensiva é que com as musicas de 2013/2014 elas meio que hitaram na Coreia,tenho PAVOR que elas voltem pra esses conceitos e fiquem na zona de conforto tipo Sistar/Apink só porque os coreanos gostam ou de musiquinha de elevador ou de coisas genéricas de verão.

    Liked by 1 person

    1. Espero que 4Minute se mantenha nesse som mais agressivo. Por mais que goste delas nos conceitos sexy, essa nova era tá boa demais!!!!!!
      E não foi só a gente que gostou não! a The Muse e a YourEDM tão elogiando bastante a música (destaque pro segundo artigo)!
      https://4minutebrasiloficial.wordpress.com/2016/02/04/news-conheca-o-novo-som-de-skrillex-e-4minute-hate/
      https://4minutebrasiloficial.wordpress.com/2016/02/04/news-mas-esta-e-boa-de-mais-para-passar-despercebida-afirma-youredm/

      Gostar

    2. Ninguém naquele grupo quer retroceder a 2013/2014 com aqueles 2 minis divertidinhos e esquecíveis, se for para um dia 4minute acabar que seja com esses EDM twerk atuais do grupo ❤

      Ah, e seja bem vinda ao blog, espero que curta ainda mais o conteúdo daqui ❤

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s