Ladies’ Code junta o visual Red com o som Velvet e retorna muito bem com “Galaxy”

1 ano e meio depois do trágico acidente que causou a morte de Rise e EunB, só o fato de Ladies’ Code anunciar comeback com as integrantes originais já é uma grande vitória para elas, afinal passar por uma experiência desse tipo e conseguir voltar a rotina de apresentações, gravações e toda pressão que a indústria do K-pop oferece não é para qualquer um. Então não tinha intenção nenhuma de esperar a melhor música do ano e, quando foi lançado Galaxy, ouvi já sabendo que estaria gostando de qualquer forma:

O conjunto desse comeback é basicamente o que Red Velvet estaria lançando para seu lado Velvet da discografia. Uma música R&B/Jazz mais classuda, lowbeat e sensual, com vocais bem suaves casando muito bem com a melodia, aliado a um vídeo esteticamente incrível com referências sutis…

Wonder-Girls-Reboot-wonder-girls-38779084-2206-1653

E não tão sutis…

Wonder-Girls-Reboot-wonder-girls-38779084-2206-1653

De que agora elas são um trio, vão seguir como um trio e vão continuar jogando no K-pop como trio (Assim como o título do álbum é MYST3RY). O tipo de mensagem subliminar que a SM adora jogar em seus MVs quando os seus funcionários fogem para a China, mas a Polaris deixou tudo um pouco mais explícito para Ladies’ Code. Outra sutileza por parte desse MV é nas duas dançarinas das partes de dança do vídeo, fazendo com que quem assista o MV, possivelmente represente nelas as integrantes que faleceram.

Wonder-Girls-Reboot-wonder-girls-38779084-2206-1653

Toda essa sutileza e delicadeza deixaram o MV mais impactante e forte, e deixaram a música mais forte também. “Galaxy” é uma música para se apreciar a forma que ela é executada lentamente, o refrão com um pouco mais de ritmo e pulso, as transições suaves mas notáveis entre os versos e o refrão, os elementos de jazz que a música vai ganhando, todos os instrumentos que a música possui e etc. Tudo bem sóbrio, me conquistando aos pouquinhos e criando vontade de ouvir mais e mais.

Galaxy é uma faixa forte e fez o Ladies’ Code voltar com impacto, mesmo que de maneira suave. Mesmo que esse impacto viesse com qualquer música que elas lançassem devido a toda essa jornada que o grupo viveu, foi legal ver que todos os envolvidos se preocuparam em entregar um bom trabalho, delicado e rico em detalhes. Vai ser uma boa ouvida por um bom tempo na minha playlist, sem dúvida.

Anúncios

3 comments

  1. Música perfeita pra simbolizar o amadurecimento delas não só na música, como também na vida: é notável a evolução delas como mulheres, mais fortes e com ares de decididas, que sabem o que querem (principalmente comparando á músicas antigas como Pretty x2 ou Kiss x2). Vieram pra mostrar que ainda têm fichas pra entrar no jogo, mesmo com perdas irreparáveis.

    Liked by 1 person

  2. Fiquei muito feliz com esse retorno delas, quando aconteceu o acidente achei que seria o fim do grupo (uma pequena porque desde bad girls gostei muito delas).
    A música e o mv são maravilhosos! Parabéns aos envolvidos e que elas continuem fortes!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s