“One Of Those Nights” mostra que o lado velvet é só para dar uma valorizada no conceito do Red Velvet

Desde o lançamento de THE RED, era esperado que Red Velvet algum dia lançasse THE VELVET, afinal esse era o conceito que o Red Velvet entrega desde sempre (Músicas mais dance/farofas para o lado Red, músicas mais classudas/vocais para o lado Velvet). O problema é que é evidente que o lado Velvet só existe para dar um conceito mais amplo e mostrar que elas também são competentes em R&B/baradas, enquanto o foco é, de fato, o lado Red. “One Of Those Nights” só comprova isso tudo:

A música não é ruim, mas sim aquela ouvida agradável que você pode trocar tranquilamente por algum dos álbuns do Clazziquai Project, por exemplo. É como se a disposição e busca de inspiração de quem produz o grupo só estava com tudo em THE RED, e para THE VELVET eles pegaram umas demos e montaram o álbum (Isso já falando pelo álbum todo, que é fraquíssimo).

O problema não está nos vocais (Que estão ótimos), não está no MV (Que está espetacular), e de certa forma, não é o instrumental (Ele é até OK), só faltou a música ser mais ousada. Parte disso é por conta da alta expectativa que criaram para esse release desde antes dele ser anunciado (Estavam falando que esse álbum ia sair desde dezembro), então quem esperou a reinvenção do R&B entre os K-Idols tomou no cu.

Mas temos que culpar o descaso musical que tiveram também. Primeiro por lançar um EP ao invés de um full album, depois por metade do EP ser versões da mesma música, aí inserem um remake de uma música do Lee Soo Man em 1725 a.C., e tudo termina com um material fraco e sem inspiração, que só é salvo pelos vocais e pelo visual, mas que por si só é bem esquecível. Ou seja, o foco mesmo é fazer o lado Red acontecer, e o lado Velvet é só suporte para o povo levar Red Velvet como um grupo vocal a sério.

A sorte do Red Velvet é que, para o ano de 2016 no K-pop, isso ainda está na média. Quer dizer, em um ano que está bem fraco até aqui e que tem Someone Like U, uma produção do Brave Brothers (Ótima, mas ainda Brave Brothers) como o grande destaque do início de ano no K-pop, então por mais meia boca e sonolento que isso esteja, ainda foram lançadas coisas mais esquecíveis esse ano. Mas no fim só os fãs e aqueles que simpatizam muito com elas ganharam algo na playlist.

Anúncios

5 comments

  1. Eu nem queria estar com as expectativas muito altas pra esse comeback, mas o fato de eu ter AMADO Automatic (foi uma das minhas 10 músicas de k-pop preferidas do ano passado) e o The Red (um dos meus álbuns favoritos de 2015) fez com que eu pensasse que elas de fato iriam entregar algo grandioso, maduro, ousado… e por que não inovador? Pena que o resultado final passou beeeem longe disso… Enfim, me impressiona o quanto a SM tá meia boca esse ano, principalmente depois do 2015 ótimo deles, onde quase todos os atos de lá tiveram bons ou ótimos comebacks. Esse ano eles já começaram pisando na bola com a porcaria do SM Station, lançando uma balada mais chata que a outra, e que parece interminável que nem a MADE series horrível do Big Bang (amo BB, mas aquilo não tem como defender). O álbum do mano do Super Junior ninguém ligou. Cagaram nesse mini novo do RV e no conceito velvet delas (que até então era interessante, bem diferente dessa chatice bagunçada que virou). A melhor coisa da SM esse ano até aqui foi o álbum do Taemin, que é bom e nada mais além disso.

    Liked by 1 person

    1. O foco da SM esse ano deve ser EXO (Pra variar), aquele boygroup novo NCT e promover solos a todo custo pra ninguém comprar o debut da Jessica que vai acabar com a empresa (brinks), Station tinha tudo pra ser ótimo mas cagaram com baladas meia boca

      Gostar

  2. Pra ser sincera essa música me deu mais sono do que a música da Lee Hi. Só serviu mesmo para consolidar a dominação da Joy, única pessoa relevante desse grupo. Esse remake do conceito de The Boys do SNSD também não ajudou muito, mas o MV ta bonito pelo menos.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s