“Fly” é agradável, e GOT7 continua caminhando como mais uma boyband comum do K-pop

Por mais que eu só goste de 1 single de GOT7, eu sempre paro para dar uma ouvida pelo menos no que eles lançam. Isso porque nos primeiros singles eles eram badboys badass, mas sempre rolava um humor meio que sem intenção no meio da coisa que era até interessante de ver, mesmo que as músicas fossem tristes de ouvir. Isso acabou culminando na ótima Just Right, na qual eles aliaram todo o humor involuntário que eles tem pagando da oppa badboy das minas com uma música muito boa, pra variar. Mas depois disso esse humor morreu e os singles deles só viraram as coisas derivativas que boybands lançam a cada 15 dias no K-pop, tanto para If You Do quanto para o novo comeback deles, “Fly”:

Na comparação eu gostei mais de Fly do que do If You Do, mas é aquela mesma impressão de “Nossa, de novo isso?” que tenho. De novo, nada no vídeo me chama a atenção e não há nada muito impressionante na música que me faça querer viciar (Ou ter coragem de baixar no k2nblog, pelo menos) além do cara que manda um “I’m just wanna be with youuuuu” que me deu até raiva de tão fora do tom que ficou, mas é o que as adolescentes coreanas consomem a rodo de boybands, e a JYP, apesar de não parecer, é uma organização grande na Coreia e tem que pensar, de fato, em lucrar.

Além disso, “Fly” ainda melhora a sequência de singles do Got7, que começou sendo uma bosta, teve um auge inesperado com Just Right e agora passa por coisas agradáveis mas esquecíveis. Vai chegar um momento que esse tipo de música vai acabar só cansando mesmo (Como B.A.P e EXO), e com minha alta resistência a boybands isso deve ser no próximo comeback derivativo do grupo. Talvez eu ainda esteja esperando eles voltarem para o humor involuntário de Just Right, e talvez eles voltem com aquilo, só espero que eles voltem enquanto eu ainda tiver paciência para acompanhá-los.

Anúncios

22 comments

  1. Eu gostei, achei meio parecido com Run do Bts, mas o conceito e o mv pouco inspirado combinaram com o clima da música. Não sei porque não gostar de if you do, a música é a melhor do got7 pra mim e também o segundo melhor mv deles, Just Right eu enjoei muito rápido, mas é gostosinha. Sinto que só eu amo GGG, é a minha favorita deles.

    Liked by 1 person

  2. Mano, parece que fui eu quem escreveu isso, tirando que acho If you do a melhorzinha deles. Porque olha, eu sempre me esforço pra ouvir os comebacks do got7, as vezes eu acho a musica titulo boa e vou atrás do album, mas quando ouço…… sem sacanagem, nunca vi um grupo que faz a música titulo ser a única boa do album. Isso quando o comeback não tá um fracasso completo, tipo achei Fly muito ruim.

    Liked by 1 person

  3. Olha, melhor garimpar o Moriagatteyo! na net do que ouvir isso pela segunda vez…
    Sei lá, não te nada que me faça ouvir essa música de novo. Até LAUGH x3 é melhor que isso aí (e se estou dizendo isso é pq realmente achei essa Fly bem qualquer coisa).

    Liked by 1 person

  4. Acho que com esse comeback eles voltaram mais as “raizes” do concept inicial como grupo, eles debutaram pra ser o grupo “hip-hop” da JYPE, porque naquela época com BlockB, BTS e sei lá mais o que esse tópico estava super em alta. Sinceramente não foi nada parecido com o que eu esperei, mas gostei bastante até. Infelizmente não foi uma mudança de jogo pro GOT7 realmente fazer um nome e imagem como grupo, mas, é. O que me irritou nessa música é que ela foi extremamente aguda, eu não escuto girl group aegyo pelo mesmo motivo. Vai ter outra title track desse mini-album, então vamos ver que tendência que ela será. Vai ser no meio de abril parece, não sei.

    Liked by 1 person

  5. Eu particularmente adoro GOT7 (diferente de 90% dos leitores daqui que parecem que tem prazer de odiar qualquer coisa que tenha pinto e que seja coreano), mas eu achei essa música muito fraca. Não foi nada novo, inspirador ou pelo menos uma musiquinha grudenta que me viciaria por 2 semanas e depois iria para o fundo da playlist, foi somente agradável e olhe lá. Achei o MV bem bonitinho (adoro MVs com esses tons, me perdoe çasçaçsa), mas para por ai. Enfim, pelo menos eles retornaram com as atividades e vamos voltar a ver o Jackson pagar micões em programas toscos de variedades,

    Liked by 1 person

  6. Eu estava esperando algo bem ousado pelo que o teaser indicava, mas ficou um pouco abaixo das expectativas (culpa minha, tenho que parar de confiar nesses teasers mentirosos do k-pop). Nem digo pelo MV, até pq tirando Just Right, os clipes do GOT7 são bem básicos. A faixa é que não tem tanta força. O grande problema dela pra mim foi que o refrão não conseguiu manter o nível do começo da música até o pré-refrão, que estava muito bom. Mas aos poucos estou me acostumando com isso, já que não é tipo o refrão de Hate ou Bang Bang Bang que não tem absolutamente nada a ver com o resto da música, é só um refrão sem muito impacto mesmo. Super entendo quem não está a fim de ouvir de novo, é uma música um tanto genérica que qualquer boyband aleatória pode entregar, mas até que ela melhora após algumas ouvidas.

    Liked by 1 person

  7. GOT7 é um dos meus grupos favoritos (grupos, não boybands), justamente porquê eu acho que eles tem um som mais distinto e “colorido” (mas esse single foi o mais genérico deles, eu acho) e eles tem álbuns bem competentes, pelo menos os que eu ouvi até agr. Essa fly eu gostei bastante pra dizer a verdade, talvez por ter o mesmo clima de run do bts .-. e o mini tá bem equilibrado. Enfim, tá tenso achar alguém que tolere boybands e que não seja uma capopeira de 13 anos de idade que use termos como “oppa” e se ofenda à menor citação ao seu bias, além de não gostar de girlbands por acha-las todas iguais (haha), então eu vou continuar por aqui mesmo, erm… e.e

    Liked by 1 person

      1. Acho que se você escutasse os dois últimos minis você até entendia um pouco melhor @~@, mas como eu disse em outro lugar é mais ou menos isso ai de baixo:
        “Got7 teve o dead concept, o mesmo estilo de filmagem de RUN/I NEED U, e ambos tem a mesma estrutura: um rap nos versos e um vocal no pré-refrão, e um refrão com eles gritando alguma coisa aleatória (flyyyyyy, run run run, i neeeed u girl…) seguidos de eles mandando rap/versos falados”
        Tá ok que Bts não inventou nada disso, mas com tudo junto assim lembrou bastante (e o dead concept só ajudou a armys a “argumentarem” que isso foi um “plágio”)
        Ps: eu não tô virando uma army loucaça… estou? @-@

        Gostar

  8. Ta legal 🙂

    Tem todos os componentes que eu gosto: MV pedante, uns rap bem no estilo BTS, música agradável…

    Só que eu esperava, sei lá, mais?

    Bom, eu tenho que me conformar por enquanto. Já que 2016 tá MUITO fraco, nem a Hyomin mostrando o toba (comeback muito fraco, na minha opinião) conseguiu salvar a safra de março!

    Veremos ¬¬

    Liked by 1 person

  9. Eu AMO Got7. Mais confesso que FLY esta muito além do que eu esperava. Qdo li que seria um conceito “aviador” meu coração de fã se alegrou.mais qdo saiu o teaser foi como um banho de agua gelada.Mais continuo torcendo muito por eles.Tem muitos grupos que a anos fazem sucesso com musicas “genericas” por eles não podem fazer isso uma vez?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s