Itano Tomomi chega com moral para lançar o seu 2º e promissor álbum “Get Ready♡”

Para quem não sabe quem seja Itano Tomomi, ela é uma “ex-AKB48” (Entre aspas porque ela aparece fazendo cameo nos PVs do grupo até hoje) e acredito que seja uma das integrantes mais populares que passou por lá (Das ex-integrantes, pelo menos, é a que mais vejo notinha sobre junto com a recém saída Minami Takahashi). E diferente de quase todas as outras ex-integrantes, Tomochin seguiu com carreira solo e bem distante do som que AKB48 costuma fazer, já que ela vem tentando arrancar as perucas da Namie com seu som Dance Pop e sua ascensão ao título de RAINHA DO RAP JAPONÊS dado por minha pessoa depois do fabuloso RAP ATTACK para divulgar seu 1º álbum de estúdio:

E é a partir dessa premissa que ela vem com seu 2º álbum de estúdio, “Get Ready♡”, para o dia 2 de novembro. As capas ainda não saíram, mas a tracklist sim e está logo abaixo:

  1.  COME PARTY — Single, lançado em 12/2014
  2. OMG
  3. You Should Try HARDer
  4. Belly Dancer — B-side de Gimme Gimme Luv, lançado em 07/2015
  5. Triple “O” — B-side de HIDE & SEEK, lançado em 04/2016
  6. Gimme Gimme Luv — Single, lançado em 07/2015
  7. HIDE & SEEK — Single, lançado em 04/2016
  8. Watashi no ONLY ONE
  9. I AM
  10. One Last Kiss — B-side de HIDE & SEEK, lançado em 04/2016

O álbum peca na quantidade de inéditas (Apenas 4), mas pelo menos o que já saiu dele é ótimo. Quer dizer, Tomochin não falha em nenhum dos 3 singles: O plágio de Easy Go do Girl’s Day o hino das pistas de dança COME PARTY:

A melhor música da carreira dela (Pelo menos pra mim), “Gimme Gimme Luv”:

E a tentativa de pop mais sombrio “HIDE & SEEK”, que embora não seja tão jam quanto os outros singles, ainda é uma ótima faixa:

Não só isso, mas as B-sides que foram para o álbum também são ótimas. Triple “O” é ainda melhor que HIDE & SEEK e Belly Dancer serve um dance pesado que se assemelha um pouco até com Crazy do 4minute, e é quase tão viciante de ouvir quanto Gimme Gimme Luv. Pena que Tomochin foi no óbvio para fechar o álbum com a baladinha “One Last Kiss”, mas é, não dá para acertar com tudo. Não que eu esteja com altas expectativas para isso, mas acho que vou acabar adorando esse álbum, é só ela não fuder com tudo nas inéditas e já consegue entregar um dos melhores álbuns de Kpop do ano (Que fase do kpop hein).

Anúncios

5 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s