Comentando um pouco das colaborações coreanas no novo álbum do Far East Movement

A fanbase estava meio agitada esses dias por conta do novo álbum do Far East Movement (Aqueles que dominavam toda santa balada em 2010/2011 com Like a G6). Nem tanto pelo novo álbum, mas mais por conta das colaborações, que contavam com vários artistas A-List da música coreana. Hoje o álbum foi lançado, e com isso todas as colaborações já foram parar no YouTube. Na curiosidade eu acabei ouvindo todas, e meus breves comentários (Junto com as músicas, para vocês ouvirem junto) seguem aí embaixo.

Fighter (feat. Yoon Mirae & Autolaser)

“Fighter” tem aquela vibe motivacional/relaxante que os artistas EDM atuais vem fazendo com a intenção de fazer da música mais uma experiência introspectiva, sem muita batida ou ritmo se destacando. Yoon Mirae já fez algo com proposta semelhante em “JamComeon Baby”, então não é lá muita surpresa essa música no vocal dela. A música é beem gostosa, e a melodia mais lenta e não tão carregada faz da música uma boa para aqueles dias de reflexão. É uma boa também para quem quer superar aquela participação esquecível dela no comeback da Ailee.

Freal Luv (feat. Chanyeol & Tinashe)

Essa daqui já tem um batidão um pouco mais pesado para as boates por aí, e até o vídeo mais dark e psicodélico que o vídeo de Fighter ajuda a música a seguir esse caminho. Mas achei essa música tão fraquinha, como um todo. Tipo, não é como se eu quisesse ouvir again and again, mas a batida é gostosa demais para ser completamente dispensável, então acho que o problema está nos versos (Nem tanto na parte do Chanyeol, mas achei a parte da Tinashe muito fraca, poderiam ter explorado melhor ela hein). Bom, se Freal Luv perde como música, pelo menos ganha na parte de fanbase né, afinal qualquer coisa com alguém do EXO já rende uns “NOOOOOOSSSSA MEU BIAS FUDEU COM FORÇA EU ESTOU MORTA COM ESSE HINO EXO SLAY” e, bom, tem que agradar alguém né.

Don’t Speak (feat. Tiffany & King Chain)

Até os versos eu estava gostando muito da música, mas esse break depois do refrão soou muito estranho. Nada que eu não consiga me acostumar, entretanto. Tirando esse break, a música não foge tanto do que Tiffany já vinha fazendo solo, e assim como I Just Wanna Dance e Heartbreak Hotel, é o tipo de música legal que pode ou não crescer em mim, depende mesmo da vontade que eu estou de lidar com mais uma música que não me cativou de primeira. PS: É coisa minha ou a voz da Tiffany está bem alterada aí? Em boa parte da música eu mal reconheci a voz dela.

SXWME (feat. Jay Park) (prod. MNEK)

Eu só ouvi essa por consideração em ouvir todas as collab coreanas, pois eu não gosto do rap do Jay Park e tampouco das músicas em que ele toca. Com SXWME não foi diferente, mas a produção aqui é bem legal, pelo menos.

Umbrella (feat. Hyolyn & Gill Chang)

Essa aqui segue a mesma vibe introspectiva de Fighter, provavelmente para dar aquela valorizada no vocal da Hyolyn. Me surpreende o fato dela não ter lotado a música de gemidos agudos como ela costuma fazer no SISTAR, e isso acabou deixando a música mais agradável. Até aqui nenhuma música dá para ser chamada de hinão da porra que irá salvar o EDM e glorificar a nós, meros mortais. São músicas mais defensivas na qual a produção é mais safe, e nada aqui realmente está ofensivamente ruim ou maravilhosamente bom, são músicas mais agradáveis que você não passa raiva ouvindo (Se ignorarmos a pretensão mais do que falha neles tentarem soar conceituais e embasados com conteúdo com essas músicas né).

Fortress (feat. Urban Zakapa)

Então eu acabei me chocando quando essa música com Urban Zakapa acabou sendo a minha preferida das colaborações aqui. Tanto pelo fator surpresa de Urban Zakapa se envolver com Far East Movement quanto pela música ainda parecer algo que o Urban Zakapa faria em algum projeto especial mesmo, e a produção mais fantasiosa aliado ao vocal melódico do mano do grupo foi bastante envolvente e me fez gostar bem mais da música. Só senti falta da Jo HyunA fazendo alguma voz feminina aí, mas nada que me afete do resultado final.

Anúncios

3 comments

  1. Nossa eu estava com altas expectativas na colaboração com a Tiffany, afinal ela é minha ultimate da vida e também por gostar muito das músicas dela.
    Quando ouvi eu estava até curtindo, mas foi chegar naquele break não tive coragem de ouvir o resto, ficou realmente muito estranho.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s