NATUSUMELO, o álbum da nossa geração, ganha capa e tracklist

Dia 26 de abril será lançado o divisor de águas da música pop asiática em 2017. Sim, Natsume Mito anunciou detalhes do seu 1º álbum de estúdio, NATSUMELO (Uma junção de Natsume + Melody), e do jeito que ela descreveu ele, tá com carinha de ser primeiro e último. Capa e tracklist logo abaixo:

31350-mitonatsume_natsumelo_1.jpg

CD Tracklist

1. Maegami Kirisugita — Single, lançado em 04/2015
2. Odekake Summer
3. 8-bit Boy — Single, lançado em 09/2015
4. I’ll do my best — Single, lançado em 04/2016
5. Colony — B-side de Maegami Kirisugita, lançado em 04/2015
6. Hanabira — Parte do Double A-Side “Puzzle / Hanabira”, lançado em 02/2017
7. Moshimo Cooking — B-side de “I’ll do my best”, lançado em 04/2016
8. Natsumelo
9. Puzzle — Parte do Double A-Side “Puzzle / Hanabira”, lançado em 02/2017
10. Nemunemu Go
11.Watashi wo Fes ni Tsuretette — Single digital, lançado em 08/2015, e B-side de “8-bit boy”, lançado em 09/2015
12. Fuusen to Hari

DVD Tracklist

1. Maegami Kirisugita -Hakusai Hen-
2. Maegami Kirisugita -Rakugaki Hen-
3. 8-bit Boy -Brown Kan no Yousei Hen-
4. 8-bit Boy -Mito Masume Hen-
5. 8-bit Boy -Oujisama Hen-
6. Watashi wo Fes ni Tsuretette
7. I’ll do my best
8. Odekake Summer
9. Puzzle
10. Hanabira

O álbum segue a tendência de socar todos os singles e B-sides possíveis que os álbuns japoneses estão tendo (E-Girls, Mika Nakashima e Yohji Kondo fizeram a mesma coisa, isso dos que eu me lembro), o que acaba resultando em NATSUMELO ter 3 faixas inéditas (Odekake Summer já era conhecida da fanbase mas nunca tinha sido lançada oficialmente). Natsume justificou isso por NATSUMELO “Ser mais que um álbum de estúdio, mas sim um throwback de sua carreira como cantora”. Me pareceu muito argumento de derrotada na indústria indicando que esse álbum seria um adeus de Natsume para a indústria (Nada tão icônico quanto “SE EU NÃO VENDER 10 MIL ÁLBUNS EU NUNCA MAIS LANÇAREI MÚSICA” da Misono, btw), o que não seria surpresa considerando o flop pesado que a carreira dela é até aqui. Pelo menos a capa está bonita e, com sorte, as inéditas serão boas também. Se a carreira dela acabar, foi bom ser fã enquanto durou.

PS: Há um mês Natsume Mito ganhou seu próprio canal VEVO, onde todas as músicas que ganharam vídeo (Exceto Hanabira) estão fazendo presença. Não que seja algo muito relevante uma vez que a própria já possui um canal oficial, mas pelo menos você consegue ver Puzzle por completo no Tubão.

Anúncios

11 comments

      1. Throwback no geral é uma espécie de retorno à algo (Exemplo: Ayumi Hamasaki lançando baladas quilométricas e rockishs datados como se fosse 2001 propositalmente no A ONE foi um throwback)

        No caso da Natsume ela está falando que está pegando releases passados que usualmente não estariam em seu álbum e colocando propositalmente para representar tudo que ela fez como cantora até aqui…

        (O que é mentira, pois Nakata reaproveita tudo que for possível para montar álbum em qualquer condição)

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s