C-music

Meng Jia segue fazendo carreira na China com “Weapon”. É simpática como (quase) todas as músicas dela

Aparentemente a carreira solo da ex-miss A Jia está vingando pela China. Não sei como ela anda de charts, mas para a gravadora estar investindo num 5º single em pouco mais de um ano de carreira é sinal de que, pelo menos, está dando retorno. E se por um lado eu fico feliz desse sucesso, por outro eu fico mal por não estar curtindo tanto o que ela vem lançando no geral, como essa “Weapon” que ela lançou essa semana:

(mais…)

Anúncios

Victoria aparece com “Roof On Fire”, uma demo perdida de algum macho chinês aí

Como já anunciado anteriormente, Victoria desistiu do f(x) e partiu pra China lançar seu álbum solo que ela vinha prometendo há um ano. Antes disso, entretanto, ela lançou uma pré-release de nome icônico “Roof On Fire” e enquanto nenhuma plataforma libera o hit fora da China para se tornar o mais novo #1 em 365 países e em Osasco, vamos ouvir a partir de um upload de fã que, com sorte, o YouTube não derruba depois que eu postar aqui:

(mais…)

Enquanto f(x) permanece no limbo da SM, Victoria anuncia seu debut solo na China

Daí que f(x) segue esperando uma sentença se o grupo consegue lançar mais um álbum ou a SM realmente vai matar o grupo e botar cada uma pro seu canto. Vendo essa situação, Victoria resolveu mexer os pauzinhos na China e vai lançar seu primeiro álbum solo (Que já tem notinha desde o ano passado falando disso) para “breve…”

(mais…)

Fundo de Quintal Awards — A maior premiação da música asiática

E não é que chegamos no fim do ano e o fundo de quintal resolveu formar um megazord mesmo? Pois é menina, eu, Bruno, Carla, Adriano, Sowon, Ramon, Lunei e Dalla Corte nos juntamos e, como se fossemos uma página de facebook de K-pop, criamos a Fundo de Quintal Awards, uma premiação que promete abalar com as estruturas do MAMA. O post principal, com todos os indicados e vídeos, está lá no Asian Mixtape. Aqui, alguns comentários sobre as indicações e o meu bom gosto (mentira) comparado ao mau gosto dos colegas (mentira):

(mais…)

Jackson tenta de novo com “OKAY”. Pelo menos o instrumental é bom dessa vez

Quando Jackson Wang, minha principal aposta para disband em 2018, resolveu debutar solo lá pelos lados do mandopop, eu nem precisei fazer um post arrastando ele na lama de tão ruim que foi. Só precisei falar aleatoriamente que Papilon foi uma vergonha que veio umas 5 fãs querendo cortar minha cabeça porque Jackson oppa se esforçou muito e mostrou muito talento para desovar esse troço aqui. Então obviamente esperei OKAY com muito amor e carinho para essas 5 fãs terem um motivo para me xingar dessa vez, mas acabou que não foi tão horrível quanto achei que ia ser:

(mais…)