Pick Me!

PICK ME! #06: Gain – Step 2/4

Daí que, com a ascensão do Latin Pop como influência no K-pop, muitos digital influencers da comunidade (rs) estão fazendo vídeos e/ou posts recomendando músicas com influências latinas no K-pop, afinal usar o tango ou qualquer outro ritmo latino para ser sexy não é lá tão novidade assim dentro do K-pop. Só que eu me senti pessoalmente ofendido ao ver uns 3, 4 vídeos sobre e NENHUM DELES recomendar a criadora do tango para o K-pop moderno a.k.a Gain. Não sei se foram por esquecimento, por deixarem pra mais tarde ou porque quiseram mostrar coisas como MAMACITA ao invés do hino, mas para fazer justiça, resolvi ressuscitar o Pick Me! e trazer um pouco de cultura para esse povo, falando um pouco sobre a mini bíblia conceitual Step 2/4.

(mais…)

Anúncios

PICK ME! #05: Horan – Wonderland

Clazziquai Project anunciou comeback para Setembro, e estou muito feliz já que os últimos álbuns do trio são absolutamente incríveis para minha playlist. Isso e o fato dos meus planos para o blog ter uma cara mais “WHY, INDIE DOUGIE?” para o dia em que eu me cansar de comentar sobre as decepções que passo com o K-pop e me jogar logo nos atos de outros gêneros da Coreia do Sul já eram motivos suficientes para eu fazer um PICK ME! com Clazziquai… Só que esses dias fui pego de surpresa com o novo EP solo da Horan (A integrante feminina do grupo), e ele está bom o bastante para aparecer no quadro, então why not?!

sem-titulo-1

(mais…)

PICK ME! #04: Subin – Our Love

Que Dal Shabet é um dos meus grupos pop favoritos não é novidade para quem me conhece. Mas é favorito mesmo, de acompanhar as integrantes sozinhas, seguir no instagram, ver o que raios elas andam fazendo fora dos palcos e tals. E quem acompanha elas sabe que Subin já estava alimentando interesse na produção de músicas. Ela foi co-produtora de todo o Joker Is Alive, além de produzir algumas faixas para outros EPs do Dal Shabet, como Naturalness e B.B.B. Não ia demorar muito para um debut solo dela acontecer, e ele acabou acontecendo recentemente, com seu 1º EP “Our Love” lançado no mês passado. Eu nunca dei muito crédito para as baladas da Subin, mas acabei por ouvir o EP hoje e acabou por ser um EP com baladas muito interessantes.

Pick-Me

(mais…)

PICK ME! #03: charisma.com – Aidoro C

Quando eu postei alguma review e enalteci o novo EP do charisma.com no ranking de álbuns lá, alguns ficaram chocados com eu ter colocado ele lá no topo. E boa parte do pessoal que viu deve ter se perguntado “Que raios é Charisma.com?”. Enfim, como PICK ME! precisava de um álbum japonês e ninguém está lançando droga nenhuma em lugar nenhum (Que me interesse, pelo menos), lá venho eu divulgar e enaltecer o mais novo EP delas.

Pick-Me

(mais…)

PICK ME! #02: G.E.M. – Heartbeat

Em 2015 eu descobri 2 cantoras fantásticas em suas propostas que simplesmente me conquistaram: A japonesa chay (Que prometo falar sobre em um futuro PICK ME!) e a honconguesa (Nascida em Hong Kong) G.E.M. É difícil eu sentir um amor muito grande por álbuns em mandarim, por eles serem repletos de ballads com instrumentais simples, regradas basicamente no piano, e sem vocais muito bons ou interessantes acompanhando, deixando a experiência de ouví-las uma verdadeira chatice, o que definitivamente não é o caso de G.E.M., pois o vocal dela e o jeito como ela canta são únicos e maravilhosos, a ponto de eu recomendar para vocês um álbum que é basicamente baladas cantadas em mandarim. Mas não se preocupem, as ballads aqui são ótimas também rs.

Pick-Me

(mais…)

PICK ME! #01: Lee Hyori – H-Logic

Adivinha quem voltou a postar no blog?! E com quadro novo?! É isso aí, euzinho não acompanhei bosta nenhuma do Produce 101, mas o programa me deu uma ideia para o quadro PICK ME (Obviamente esse nome é pelo twerk aegyo anthem em forma de música que o programa lançou), e vai ser o blog divulgando e enaltecendo álbuns que não são (tão) conhecidos pelo povão (Acho) ou que dificilmente teria uma notinha falando sobre em algum blog/site/qualquer troço de Asian Pop, mas que merecem pelo menos um post por aqui seja por ser bom demais, por ser icônico demais, ou por ser meu mozão, ou OS TRÊS CASOS JUNTOS, como é o caso da deusa que subiu aos ceus da Ilha de Jeju pra virar hipster, Lee Hyori e seu 4º full album, “H-Logic”.

Wonder-Girls-Reboot-wonder-girls-38779084-2206-1653

(mais…)