Mid Year 50: As preferidas da metade de 2017 [25-11]

Após mais 10 faixas e mais reclamações envolvendo o boicote do Nine Muses no Top 50 (Imagina quando descobrirem que Stellar NEM. ENTROU. NO. TOP 50), chegamos a 3ª parte do Mid Year 50. Será que dessa vez eu compenso o gosto refinado de vocês que acharam a parte 2 inferior a parte 1? E quais as faixas que foram cortadas do cotadíssimo top 10 desse blog? Vamos descobrir isso AGORA:

Sem-Título-1

(mais…)

Mid Year 50: As preferidas da metade de 2017 [35~26]

Mais uma parte do Mid Year 50 no ar. Depois de uma primeira parte que chocou o mundo com as presenças precoces de Kim Lip e GFRIEND, além de Nine Muses sendo insultadíssimas ficando atrás do mais recente cover do 2NE1, agora é a vez de mais 10 faixas rodarem para fecharmos a 1ª metade dessa seleção. E essas músicas você confere AGORA!

Sem-Título-1.png

(mais…)

Mid Year 50: As preferidas da metade de 2017 [50~36]

E chegou o momento de dar uma analisada no que rolou de melhor em 2017 até o momento, e pelos próximos dias vou revelar para vocês as minhas faixas prefeidas do 1º semestre do ano, que começou meio capenga mas, aparentemente, engrenou de vez nesses últimos meses. Assim como no Mid Year 50 do ano passado, vão entrar as músicas que foram lançadas até o dia 31 de junho, mas a única exceção desse top será Watch Me Move da Uhm Jung Hwa, pois quem esperava que ela ia lançar um hinão LGBT daqueles na última semana do ano passado? É, pois é, saiu cortadíssima do top de 2016 mas vai ser lembrada esse ano sim. Por enquanto, vamos ao primeiro corte de 15 músicas do top:

Sem-Título-1

(mais…)

Indo contra a relevância do YouTube para os kpoppers, “Gangnam Style” não é mais o vídeo mais visto da plataforma

Durante 5 anos, kpoppers de todo mundo usaram o corpo escultural de PSY apenas como token para pisar em fãs ocidentais que acham K-pop um lixo. A música é uma trasheira clássica que fez muita gente odiar K-pop num geral (Ainda mais que todos os outros virais asiáticos desde então viralizaram no mesmo efeito cômico e trash do PSY, como Crayon Pop, PIKO-TARO, Rollin Wang e por aí vai) ao mesmo tempo em que muitos kpoppers tratavam falsamente Gangnam Style como o suprassumo do gênero apenas por ter bilhões de views no YouTube e ser o maior sucesso da plataforma durante um bom tempo (E que ficou ainda maior com a crescente dos serviços de stream como Spotify, Apple Music AWA e o próprio YouTube). Mas eu não estou aqui para julgar a moral e honestidade do povo com seus princípios, mas só pra informar que ESSA MAMADA ACABOU, pois PSY perdeu o posto:

Sem-Título-1.png

(mais…)

Red Velvet volta aos trilhos com o batidão frutífero de verão “Red Flavor”

Tem quem curta o ainda novo lado Red Velvet, mas a real é que comigo as coisas não foram tão efetivas assim (Russian Roulette demorou muito pra acontecer comigo e Rookie… Bom, eu finjo que nunca existiu). Não é como se eu tivesse desistido de Red Velvet, mas estava bem desaminado pelo novo comeback do grupo (Principalmente pela SM já socando apropriação cultural em cima de seu boygroup que está pra ofuscá-las semana que vem). Mas “Red Flavor” chegou e é ótima:

(mais…)

COMPARANDO ÁLBUNS #09: I Got A Boy x Lion Heart

Aos poucos eu vou retornando com os quadros que esse blog costuma ter. Semana passada eu voltei com as reviews de álbuns, hoje estou voltando com o Comparando Álbuns, e de forma bem mainstream comparando os dois últimos álbuns coreanos do SNSD, I Got A Boy e Lion Heart. Qual será o álbum de fillers e qual é o álbum que parece mesmo um álbum mais forte? Vamos descobrir agora!

Sem-Título-1

(mais…)